;      
 photo Untitled_zps54f53861.png photo Untitled_zpsa8266951.png photo 59896ba4-f6cf-41bb-bf0a-9d4bf67da557_zps56cbfac1.png photo Untitled_zpsa67acb25.png

SEARCH THIS BLOG

A carregar...

01/05/2015

X Tunalidades | Festival Internacional de Tunas Femininas

Do instagram @lennyduque
Foi no dia 10 e 11 de Abril que aconteceu o X Tunalidades, o Festival de Tunas Femininas organizado pel'As FANS - Tuna Feminina da Universidade de Coimbra. Eu, na qualidade de Fanzoca, fui com todo orgulho ao meu primeiro festival da minha Tuna. 
Digo-vos que é uma experiência fantástica, principalmente num meio académico como Coimbra, que vive e respira estudantes e tradições académicas. Para mim, as Tunas só fortalecem estas tradições e embelezam a cidade! 

FAN-Farra Académica de Coimbra, um dos convidados.
No vídeo no final do post, a sua atuação começa aos 30 minutos e 24 segundos.
Foto de Diogo Cunha 
La Tuniña, Tuna Holandesa a concurso
Foto de Diogo Cunha 
As FANS - Tuna Organizadora (muito orgulho!)
Foto de Diogo Cunha



Podes ver o que aconteceu durante neste vídeo da transmissão do festival. O vídeo começa realmente no minuto 27 e 48 segundos e a atuação das FANS começa na hora 3, minuto 41 e 50 segundos. Boa música, momentos divertidos e outros arrepiantes, o Tunalidades foi inesquecível! 


Com ,
                            

09/04/2015

Evento | X Tunalidades

Tem sido uma aventura e tanto mais desde que ingressei no ensino superior. As pessoas, a cidade e a universidade estão a dar-me mais do que alguma vez imaginei - estão a consumir-me por completo! Entre isto, o estudo e a escrita que não está, de todo, parada, o tempo é escasso mas ainda assim encontrei uma coisa sobre a qual nunca pensei mas que agora que tenho, não consigo imaginar a minha vida de outra forma. Estou pois a falar da tuna, mais especificamente d'As Fans, a Tuna Feminina da Universidade de Coimbra. Estou lá há pouquinho tempo (estou à pouquinho tempo nesta nova cidade) e, no entanto, já é uma coisa, um sítio e muitas pessoas que eu não quero dispensar. Já tenho memórias e algum trabalho associado a este grupo que cada vez é mais uma família! E, imaginem a importância que não é para mim, o primeiro festival da tuna em que participo é já este fim-de-semana! Aqui fica o convite: dia 11 de Abril (próximo sábado) no Teatro Académico Gil Vicente, vem assistir ao melhor festival internacional de tunas femininas de sempre! As Fans esperam por ti! 


Com ,
                            

14/03/2015

Personal | Dos sítios que arrebatam o ♥

Jardim Botânico da Universidade de Coimbra
Jardim Botânico da Universidade de Coimbra
Jardim Botânico da Universidade de Coimbra
Torre da Cabra 
Átrio da Faculdade de Direito 

Com ,
                            

Merece o teu like? Clica aqui:

23/02/2015

Eventos | Oscars 87th - Hot & Not

A entregas dos Oscars pela The Academy é um daqueles eventos que me parece não ter piada nenhum mas que me levam a ficar agarrada ao ecrã da televisão pela noite fora quando tenho aulas de manhã (este ano não aconteceu isso porque estar na faculdade implica ser responsável - mega certinha, what a jewel). No entanto, vi alguns arrivals, muitos vestidos e cheguei a ver uma pontinha do inicio da cerimónia. E não há ninguém que possa dizer que esta não é uma cerimónia cheia de glamour e pessoas giras, não é verdade? Quer dizer, pelo menos algumas... 

A menos bela das menos belas
 
... o que não foi o caso de Gwyneth Paltrow no seu Ralph & Russo Couture. A tonalidade pálida e aquele masmarrão no seu braço (diz-se que é, supostamente, uma rosa) foi um dos vestidos que menos gostei de ver na Red Carpet de ontem. Acho que o meu vestido preferido da Miss Paltrow foi o da cerimónia de 2012, e, curiosamente, um dos meus vestidos preferidos destas cerimónias foi o de Lupita nos Globe Awards de 2014 - alguém perceber as semelhanças?

As mais belas
Já as duas actrizes que dão vida a duas das personagens da adaptação cinematográfica de "As Cinquenta Sombras de Grey" (vê aqui a minha opinião sobre os livros) estavam, na minha opinião, deslumbrantes! Apesar de dizerem que a Dakota Johnson, no seu Saint Laurent, é um pãozinho sem sal e que a cauda do imenso vestido de Rita Ora ser demasiado, acho que ambas estavam no seu melhor. A atitude da Anastasia de Grey foi muito discreta, por outro lado, adorei ver Rita Ora com o seu cabelo loiro e a sua postura ousada!

As menos belas

Scarlett Johansson é uma das actrizes que, na minha opinião, tem dos corpos mais bonitos de Hollywood. É uma mulher com curvas e que foge à magreza extrema que a indústria nos tem habituado. Posto isto e salientado que adoro a cor do seu vestido Versace, não posso dizer que gostei da maneira como a coisa está composta na zona do busto. As suas maminhas parecem estar chateadas - uma para cada lado! E aquele colar... it does not feels right! Não sei se pelo tenho, se pela cor ou se pela própria estrutura do objecto, parece too much numa pessoa que precisa de tão pouco para brilhar. Sobre o cabelo, prefiro nem comentar porque, pelas fotografias que vi, não consegui perceber muito bem o que se passa ali. 
Emma Stone, no seu Elie Saab, estava simplesmente desinteressante. Não é das minhas actrizes favoritas apesar de lhe reconhecer as devidas qualidades no meio mas aquele vestido não me diz nada a não ser recordar-me do meu condimento preferido. 


Os gatuchos da noite
O primeiro ficou conhecido internacionalmente como sendo o doce, extrovertido, lutador, carinhoso e surpreendente Gus Waters, na linda mas triste história "A Culpa é das Estrelas" (lê aqui a minha opinião sobre o livro e aqui a minha opinião sobre o filme). Depois saltou para outro grande fenómeno do cinema: o filme "Divergente", onde representa Caleb, o irmão da protagonista (vê aqui a minha opinião sobre o filme). Na minha opinião, a sua escolha de vestimenta é bastante arrojada mas ajustada ao que se passa. Além disso, em que parte do mundo é que Ansel Elgort não está apresentável? O segundo gatucho da noite é Josh Hutcherson, mais conhecido por ser Peeta Mellark na adaptação cinematográfica da trilogia "Os Jogos da Fome". De seguida temos Channing Tatum com toda uma pose de galã. Apesar de não adorar ver o pappilon com o lenço no bolso, este é um dos homens mais deslumbrantes de Hollywood - não mais que o meu futuro marido, Bradley Cooper, na última fotografia, Além de ser o mais bonito é também, na minha opinião nada parcial, o melhor vestido da noite. A classe do seu fato completado pelo colete destaca-se na multidão de fatos masculinos bonitos. Apesar de achar que a barba fica-lhe muito bem e que faz falta ao look, não há como negar que ele foi o melhor da noite. 

As mais belas das mais belas 
Não resisto ao charme dos vestidos longos, literalmente de princesas! E também não resisto a uma atitude descontraída mas sempre cheia de personalidade. Na primeira fotografia temos Viola Davis, na segunda Octavia Spencer (que também esteve nos favoritos dos Oscars do ano passado). Por fim, Meryl Streep num estilo muito próprio - irreverente só como ela. 


Algum dos meus preferidos/preteridos vai ao encontro dos teus? Conta-me tudo na caixa de comentários!

Com ,
                            

Merece o teu like? Clica aqui:

20/02/2015

Filmes | Les Choristes (2004)

Derivado ao meu profundo estado de depressão e ao meu estado de doença, se houve tempo e vontade para alguma coisa durante a semana que passou foi para ver filmes. Ainda que seja uma pessoa mais de livros do que propriamente televisão, a cabeça nem sempre está disponível para fazer o esforço que ler exige. Por isso, dediquei a cultivar-me (e a chorar e a comer pipocas e outras porcarias como tal) no meio cinematográfico.

O filme "Les Choristes", ou em português "Os Coristas", é um filme de 2004. De origem francesa, está dentro do género drama e foi dirigido por Christophe Barratier.

Sinopse
retirada do IMBD e traduzida por moi

"Fond de l’Etang é um colégio interno para rapazes problemáticos, no interior de França. Em meados do século XX, o colégio é dirigido pelo director Rachin, um homem egoísta e bastante severo eu dá à escola o mantra oficial (mas oficioso) “ação-reação”, significando isso que há severas consequências (reação) para qualquer tipo de maus comportamentos (ação). Este tipo de abordagem aos grupo de rapazes indisciplionados parece não funcionar. Por sua vez, os professores acabam por ensinar nada uma vez que estão sempre de guarda, à espera de um ataque dos rapazes. 
Dia 15 de Janeiro de 1949 fica marcado pelo aparecimento de Clément Mathieu, um homem de meia idade que procura o seu lugar depois de ter falhando em tantos planos. Apesar de achar os rapazes bastante indisciplinados, Mathieu não acredita no mantra “ação-reação” e como tal, faz braço de ferro com Rachin enquanto, secretamente, boicota a política de trabalho do diretor."


A maneira como este professor, compositor que se cansou de não fazer sucesso, chega àqueles meninos e adolescentes, alguns deles orfãos por causa da Segunda Guerra Mundial, é deveras especial e as músicas deixam muitos lágrimas nos olhos. Diria que neste filme "junta-se a fome à vontade comer" quando Mathieu descobre que pode fazer o que gosta, enquanto as crianças têm o que desejam: a atenção, a preocupação e o reconhecimento por alguém com um estatuto superior.
O trunfo deste coro que começa no colégio chama-se Pierre Morhange. Cara de anjo mas rebelde como qualquer outro, não é apenas o rosto perfeito que lhe dá protagonismo nesta história mas antes a voz perfeita, capaz de emocionar qualquer um - e quem pensa que a voz não é mesmo do rapaz (que se chama Jean - Baptiste Maunier) que se desengane porque depois do filme, ele continuou a sua carreira tanto de autor como de cantor. Podem ouvi-lo aqui ao vivo, pouco depois de o filme ter sido lançado.

About the angel face... | Fonte |
... he is like this now! Apesar de não ser o protagonista da história, é o solista do coro, o que lhe dá um certo (e merecido!) destaque. | Fonte |

| Fonte |
Esta é uma das minhas preferidas. O pequeno, que está a agarrar o lápis cinzento chama-se Pepinot e pergunta ao colega quanto é o cinco mais três, ao que o colega responde "53". Pepinot é a personagem mais enternecedora que já conheci num filme. É o mais novo dos rapazes do colégio e é um dos orfãos por causa da guerra. A sua delicadeza, vulnerabilidade e a sua ingenuidade próprias da idade e relativamente à sua história do sábado ( que é de ficar com lágrimas nos olhos) é uma das partes mais bonitas do filme. O final que esta personagem tem foi uma das coisas que mais me surpreendeu neste filme.

Professor Mathieu com um dos seus alunos, numa declarada manifestação de apoio e carinho quando tudo o que os rapazes conhecem resume-se a humilhações e castigos.  | Fonte |

O coro durante a sua primeira apresentação. | Fonte |

Portanto, fiquei completamente rendida ao filme, à sua história a toda a produção. Acho que a quota de filmes franceses vai aumentar por estes lados... E vocês, ficaram com vontade de ver? Já viram?

Com ,
                            

Merece o teu like? Clica aqui: